• jan_21_banner.jpg

O Grupo Parlamentar do PSD entregou um voto de congratulação a todas as escolas galardoadas com a Bandeira Verde, no ano letivo 2019/2020, enaltecendo o seu contributo para o desenvolvimento sustentável que urge aprofundar e felicitando o papel agregador do projeto Eco-Escolas, ao longo dos anos.

O programa Eco-Escolas, desenvolvido em Portugal, desde 1996, visa a Educação Ambiental para a Sustentabilidade.

De índole internacional, da responsabilidade da Fundação para a Educação Ambiental, coordenado, a nível nacional, pela Associação Bandeira Azul da Europa, na Região Autónoma da Madeira, desde 2003, é o Governo Regional, através da Secretaria Regional do Ambiente, Recursos Naturais e Alterações Climáticas, que assume um papel preponderante na coordenação deste projeto.

Destinado a todos os graus de escolaridade, desde a educação pré-escolar ao ensino secundário, o Eco-Escolas pretende motivar ações focadas na educação ambiental, na sustentabilidade e na cidadania.

O projeto culmina com o reconhecimento do trabalho desenvolvido pelas escolas, nomeadamente, com a distinção dos projetos desenvolvidos por alunos e professores em torno destas temáticas, com a elevação da melhoria do desempenho ambiental dos estabelecimentos de ensino, da própria gestão do espaço escolar e, inclusive, da sensibilização de toda a comunidade educativa.

Na Madeira, no ano letivo 2019/2020, são 128 as escolas galardoadas com a Bandeira Verde. Um número que tem vindo a aumentar, nos últimos dois anos, o que revela a importância atribuída, por alunos, pais, professores e governantes à educação ambiental, bem como, os recursos que, cada vez mais, são agregados a este projeto.

Importa, igualmente, salientar que a Madeira, face ao todo nacional, é líder nas regiões com maior taxa de penetração de Eco-Escolas.

Voto