• bannerSitePSDM3jan2020.jpg

O requerimento do grupo parlamentar do PSD para uma audição ao presidente da Águas e Resíduas da Madeira sobre os investimentos no setor da água potável e da água de rega da ARM e o seu equilíbrio financeiro face à dívida da Câmara Municipal do Funchal foi aprovado, hoje, na Comissão Especializada Permanente de Recursos Naturais e Ambiente, da Assembleia Legislativa da Madeira.

O PSD refere que a importância de se dar a conhecer os investimentos públicos que têm sido feitos ou que estão previstos na captação de água em alta, na canalização e beneficiação dos canais de água, quer sejam para regadio, quer sejam para alimentar as condutas de água potável. Assim como os sistemas de gestão e de otimização deste recurso, fazendo um ponto de situação do existente e procurando alavancar uma estratégia futura que otimize, ainda mais, este recurso natural, que abunda na Região, mas que nem sempre é bem tratado por todos os intervenientes na gestão do mesmo.

Paralelamente, o grupo parlamentar pretende que seja tonada clara a atual situação da empresa pública Águas e Resíduos da Madeira, na sua vertente financeira e na sustentabilidade da mesma dentro do quadro regional vigente. "Queremos aferir as quantidades de metros cúbicos que são diariamente debitados em alta para os municípios da Região e cruzá-los com a faturação em baixa, de modo a percebermos a dimensão das perdas em cada concelho e o seu impacto na gestão do bem e na racionalização e disponibilização do mesmo para o regadio agrícola. Interesse temos, ainda, em apurar os valores em dívida pelos municípios à ARM, com particular enfoque para a dívida que a Câmara Municipal do Funchal tem com a Águas e Resíduos da Madeira e o seu impacto nas contas desta empresa."