• bannerSitePSDM3jan2020.jpg

O Grupo Parlamentar do PSD considera que o sucesso e controlo da pandemia de Covid-19, ao nível regional, devem-se, fundamentalmente, a dois factos: O encerramento dos portos e das marinas e a quarentena obrigatória a todos os passageiros desembarcados no Aeroporto da Madeira, cujo encerramento acabou por ser impossibilitado pelo Governo da República.

“Estes dois factos foram muito importantes e não há dúvidas de que fizeram a diferença”, afirmou, hoje, a deputada Conceição Pereira, em videoconferência.

A estas, adiantou, junta-se um conjunto de medidas levadas a cabo pela autoridade sanitária regional, nomeadamente a deteção precoce de todos os casos positivos, o rastreio dos contactos e a quarentena obrigatória dos doentes, as quais não teriam sido tão eficazes sem a colaboração e cumprimento pela população das orientações dadas pelas entidades competentes.

A deputada acredita que o exemplo dado pela Madeira, ao nível nacional e internacional, poderá contribuir, no futuro, para uma retoma mais rápida do setor do turismo, o qual é essencial para a nossa economia.

Contudo, Conceição Pereira lembra que, apesar de a situação atual ser favorável, há procedimentos que não podem ser descurados, como o uso da máscara, a lavagem frequente das mãos, assim como a desinfeção, uma vez que o uso do gel confere uma proteção por cerca de 30 minutos, e ainda o distanciamento físico recomendado.

Às pessoas com doenças crónicas, como diabetes, hipertensos ou patologias respiratórias, a deputada, também médica, lembra que se tiverem a doença controlada têm menor probabilidade de contrair a infeção e, em caso disso acontecer, a doença será menos grave.