• bannerSitePSDM3jan2020.jpg

O grupo parlamentar do PSD visitou hoje a Expo Madeira, um local onde, conforme salientou o deputado Carlos Rodrigues, “se pode testemunhar a pujança e a força da economia madeirense, representando todos os setores de atividade”.

O deputado lembrou que “uma das funções principais de qualquer governo é criar todas as condições para que o ambiente seja favorável à criação de riqueza por parte das empresas”, salientando que “quem, de facto, cria riqueza são as empresas e os seus trabalhadores”.

E foi isso que fez o Governo do PSD na Madeira e de várias formas, disse, afirmando que, desde logo, foi adotada uma política de rigor das contas públicas, “como forma de credibilizar a própria economia em geral”.

Dado este primeiro passo, acrescentou Carlos Rodrigues, o Governo adotou uma “postura de pagamento a tempo e horas aos fornecedores, acabando com alguns problemas que ainda subsistiam em termos de tesouraria e de liquidez das próprias empresas, fomentou uma série de programas de formação para desempregados, específica e direcionada às necessidades dos diferentes setores, dinamizou o aproveitamento dos fundos europeus por parte das empresas e dos empreendedores, baixou significativamente os impostos, nomeadamente para as micro e pequenas empresas e fez uma política de investimento criterioso, mas constante que se derramou ao longo de todo o mandato”.

Segundo o deputado, são vários os exemplos que ilustram os bons resultados desta política. A começar pelo crescimento da economia, de forma ininterrupta, há cerca de 70 meses, e pela da queda acentuada da taxa de desemprego, passando de cerca de 16% para 7%, sendo uma das mais baixas, comparativamente às restantes regiões do país.

Além disso, a Madeira apresenta, de acordo com o deputado, um setor empresarial cada vez mais forte, com a criação de um maior número de empresas, e, como consequência, há mais rendimento disponível e maior prosperidade.