• bannerSitePSDM3jan2020.jpg

"A única região do país que promoveu, de facto, uma verdadeira redução da carga fiscal foi a Madeira", afirmou hoje o deputado Carlos Rodrigues, numa visita do Grupo Parlamentar do PSD ao mercado da Ribeira Brava. 

O deputado lembrou que, ao contrário da situação ao nível nacional, em que se vive o período com a maior carga fiscal, desde 1995, a Madeira "fez um esforço e caminhou no sentido de reduzir essa mesma carga fiscal", promovendo reduções quer junto das famílias, através da diminuição do IRS, quer junto das empresas, com o desagravamento do IRC, "que, neste momento, apresenta a taxa mais baixa de todo o país", promovendo, deste modo, o desenvolvimento do tecido empresarial.

Na prática, afirmou Carlos Rodrigues, essa diminuição da carga fiscal, traduziu-se "numa devolução às famílias e às empresas madeirenses de mais de 45 milhões de euros, o que significa que, em cada ano do mandato, o Governo do PSD e de Miguel Albuquerque devolveu à economia madeirense, diretamente às famílias e às empresas, mais de 11 milhões de euros por ano".

"É, de facto, a materialização de um compromisso que foi assumido como um dos compromissos principais e que tem tido os resultados que todos nós podemos ver, quer ao nível do poder de compra, quer ao nível do aumento da liquidez das famílias e dos rendimentos disponíveis para dinamizar uma economia que vive muito também do seu próprio consumo interno".