• bannerSitePSDM3jan2020.jpg

A Assembleia Legislativa da Madeira aprovou hoje um voto de pesar, da autoria do PSD, pelo falecimento da ex-deputada social-democrata Maria do Carmo Homem da Costa de Almeida.

A antiga professora e diretora da Escola dos Ilhéus era licenciada em Línguas e Literaturas Modernas – Estudos Portugueses/Ingleses, tendo tido, além da docência e da atividade política, uma participação ativa na vertente da solidariedade social, em particular no Núcleo Regional da Madeira da Liga Portuguesa Contra o Cancro (NRM-LPCC) e na Associação Protetora dos Pobres.

Na Assembleia Legislativa da Madeira, Maria do Carmo Almeida cumpriu quatro legislaturas, VI, VII, VIII e IX, de 1996 a 2011, tendo, ao longo desse período, exercido funções como secretária da Mesa da Presidência e integrado a 6ª Comissão Permanente de Educação, Desporto e Cultura e a Comissão de Cooperação Externa e Imigração. Aqui, destacou-se na defesa da educação, que tão bem conhecia, mas também nas causas sociais, promovendo a solidariedade e a justiça social, assim como sempre foi uma autonomista convicta.

Como militante ativa do PSD, Maria do Carmo Almeida era também filiada nos Trabalhadores Sociais Democratas (TSD), onde era dirigente e membro do Secretariado Regional.

Foi também cumprido um minuto de silêncio em memória da ex-deputada e do antigo jornalista Ernesto Rodrigues, cujo voto de pesar foi apresentado pelo CDS.