• bannerSitePSDM3jan2020.jpg

O Grupo Parlamentar do PSD visitou hoje o Galo Resort, uma unidade que o deputado Eduardo Jesus refere ser "um excelente exemplo da requalificação" que foi promovida no setor da hotelaria, o qual "foi uma das prioridades do Governo Regional".

O deputado salientou que a Madeira atravessa um bom ciclo no Turismo, que representa 26% do Produto Interno Bruto, tendo sido uma das principais preocupações intervir nas unidades existentes, requalificando-as e preparando-as "não só para os desafios da concorrência e da abertura que é este setor, mas, acima de tudo, para modernizarem-se".

"E aqui esta unidade fez exatamente isso e fez com grande sucesso, não só porque cumpriu esse objetivo, mas também porque associou outro aspeto que é demasiadamente valorizado no setor do Turismo, que é a sustentabilidade. É um projeto que tem preocupações ambientais, é um projeto que sai valorizado, mas sai, acima de tudo, com uma grande vantagem para o nosso destino, qualifica bastante o destino."

Eduardo Jesus refere que são cada vez mais os turistas que gostam de ficar em unidades que têm este tipo de cuidado não só na conceção da unidade como também na gestão do dia-a-dia, dos resíduos, da energia e dos consumos ao nível dos recursos, o que "transmite uma maturidade do nosso setor que abona bastante para a Madeira".

O deputado recorda que a Madeira tem vindo a atravessar uma fase muito positiva no Turismo. "Desde 2015, que a Madeira bate recordes neste setor, quer seja em número de dormidas, quer seja em número de passageiros chegados, quer seja na rentabilidade de cada um dos quartos ou mesmo dos proveitos no setor e foi esta tendência que permitiu impulsionar este tipo de investimentos. Nós estamos a visitar este, mas existem vários bons exemplos na Madeira, neste mesmo enquadramento."

Eduardo Jesus salientou que, a par deste bom ciclo que o Turismo tem registado, "é importante ter em conta que existiram preocupações que têm a ver com as pessoas que trabalham neste setor", com interferência da parte do Governo Regional, no sentido de atualizar os salários.

"Isto significa que houve uma distribuição de riqueza por todo o setor. Os empresários ganham mais hoje em dia porque trabalharam bem e os trabalhadores também recebem mais hoje em dia do que recebiam anteriormente. E este facto de todos ganharem é aquilo nos garante sustentabIlidade na evolução que o setor tem vindo a registar."