• bannerSitePSDM3jan2020.jpg

No dia em que se assinala a Prevenção do Cancro da Mama, o Grupo Parlamentar do PSD visitou a unidade móvel de rastreio no Campo da Barca. Uma unidade que funciona há já 20 anos, sendo a Madeira, conforme salientou o deputado João Paulo Marques, um exemplo ao nível nacional. "Apenas a região de Coimbra tem organizado um rastreio semelhante ao que é feito aqui na Madeira", disse.

O deputado lembrou que este importante investiemnto do Governo Regional nesta área "tem permitido um aumento dramático na esperança de vida das pessoas que são diagnosticadas precocemente com o cancro da mama".

Um investimento que, segundo o deputado, deve continuar a ser feito.

Neste momento, encontra-se a decorre a 7ª Volta do Rastreio do Cancro da Mama, que se iniciou em fevereiro de 2017. Até à data já foi possível a avaliação precoce das utentes residentes no concelho de Santa Cruz, estando a ser realziada no concelho de Machico a cerca de 4151 mulheres e na freguesia de Santo António, a cerca de 5330 mulheres.

Até ao início de outubro, já tinham sido rastreadas, no âmbito desta 7ª volta, 10.384 mulheres, num total de 20.596 convocadas.

Ver vídeo