• bannerSitePSDM3jan2020.jpg

Atendendo aos relatos frequentes da população convergentes com alguma insatisfação em relação a situação atual do cemitério do Porto da Cruz, assim como a publicação recente de uma carta de um munícipe nos meios de comunicação social, o PSD vem manifestar a sua preocupação pela falta de operacionalidade do executivo socialista em minimizar este problema crescente, ressalvando o seguinte:

1. O novo cemitério do Porto da Cruz, construído pelo PSD, encontra-se, neste momento desativado, devido à degradação que resultou da ação do deslizamento de terras da Ribeira do Junçal.

2. Segundo o presidente do executivo socialista, a estrutura sofreu danos avultados de difícil reparação, mas, no entanto, ainda não requereu uma análise do Laboratório da Engenharia Civil, o que é lamentável.

3. Por outro lado, as obras que o Governo Regional realizou na Ribeira do Junçal estabilizou toda a escarpa e o respetivo cemitério. O presidente do Governo Regional já demonstrou publicamente a disponibilidade para ajudar a freguesia do Porto da Cruz e em contribuir para a solução do problema, aguardando, assim, a resolução do executivo municipal socialista, que tarda em chegar.

4. A preocupação do PSD fundamenta-se na inoperacionalidade e inatividade do executivo socialista em solucionar rapidamente este problema, para minimizar o sofrimento das famílias em luto.

5. O PSD sensibiliza também o executivo para uma preocupação mais efetiva de informar as famílias sobre a transladação dos corpos, sobretudo neste período de exceção, se que espera que seja temporário.

A Comissão Política de Freguesia do PSD/Porto da Cruz

5 de março, 2019