• bannerSitePSDM3jan2020.jpg

Numa intervenção na Assembleia da República, em nome do PSD, o deputado Paulo Neves classificou de “dececionante e preocupante” a situação da economia portuguesa.

Para Paulo Neves “a economia portuguesa está a crescer muito pouco. A nossa riqueza está a 60% da média da zona euro. Para chegarmos à média da zona euro, com crescimentos destes, precisamos de 130 anos”, afirmou perante o Ministro da Economia.

Na sua intervenção Paulo Neves também avançou que Portugal está a perder competitividade tendo caído 6 posições no ranking mundial.

Outro aspeto destacado foi o da dívida pública que atingiu 252 mil milhões de euros, “o valor mais alto de sempre” e a divida total do País que atingiu os 720 mil milhões de euros (355% do PIB) o que nas palavras de Paulo Neves “é um verdadeiro susto”.

O deputado eleito pela Madeira também falou da carga fiscal acusando o governo da República de ter “a mais alta carga fiscal de sempre que já atinge 35,4% do valor do PIB”. Por isso concluiu que “Portugal precisa de uma enorme redução de impostos”.

Outro tema da intervenção foi o das exportações e das importações tendo Paulo Neves alertado para o facto de “as importações estão a crescer três vezes mais que as exportações criando um défice enorme na balança comercial. O défice, este ano, está 15 vezes superior ao do ano passado”, concluiu.