• bannerSitePSDM3jan2020.jpg

A Deputada do PSD Sara Madruga da Costa vai exigir hoje na Assembleia da República ao Ministro das Finanças explicações sobre o adiamento da resolução de vários dossiers pendentes da Madeira.

Naquele que será o último frente-a-frente desta legislatura entre a Deputada madeirense e Mário Centeno, Sara Madruga da Costa vai relembrar ao Ministro das Finanças “os compromissos que o Governo de António Costa assumiu com os madeirenses e porto-santenses como é o caso do financiamento do novo Hospital da Madeira, da revisão efetiva da taxa de juro e do subsídio social de mobilidade e exigir a Mário Centeno que explique porque motivo quatro anos depois o Governo de Lisboa não cumpriu”.

“Não podemos aceitar que quatro anos depois de inúmeras promessas e anúncios para a Madeira o Governo de António Costa continue sem cumprir com o que prometeu e a recusar-se a dar uma satisfação aos madeirenses e porto-santenses”, referiu Sara Madruga da Costa.

Outra questão que preocupa a parlamentar social-democrata “é a recusa do Governo de Lisboa a pagar o que deve à Madeira”, situação esta que considera de uma “uma enorme gravidade” porque “já não está em causa o valor da palavra e dos compromissos assumidos por António Costa, com os madeirenses e porto-santenses, mas a recusa de um Governo de Lisboa em cumprir com as suas responsabilidades com a nossa Região” e por isso Sara Madruga da Costa vai exigir a Mário Centeno o pagamento de cerca 50 milhões de euros, relativos à dívida dos subsistemas de saúde e a outros acertos fiscais devidos à Região”.