• bannerSitePSDM3jan2020.jpg

A deputada à Assembleia da República Sara Madruga da Costa exigiu à presidente do Conselho directivo da ADSE o fim do tratamento discriminatório em relaçao à Madeira.

Numa audição na Assembleia da República, Sara Madruga da Costa questionou Sofia Portela sobre quais os esforços que a ADSE tem vindo a fazer para aumentar a cobertura na Região.

"O aumento da cobertura da rede da ADSE na Madeira é imprescindível, a situação atual do subsistema de saúde dos funcionários do Estado é bastante preocupante" referiu a deputada madeirense.

Sara Madruga da Costa exigiu também o fim do tratamento diferenciado da ADSE em relação ao pagamento dos fármacos, "não é aceitável que se exija ao Governo Regional que assegure este pagamento sem a correspondente transferência de verba nacional até porque os beneficiários madeirenses descontam todos os meses 3,5%dos seus vencimentos".

Ver vídeo