• bannerSitePSDM3jan2020.jpg

A deputada à Assembleia da República Sara Madruga da Costa esteve ontem e hoje na Assembleia Legislativa da Região para a final da sessão regional do Parlamento Jovem dos ensinos básico e secundário.

Numa intervenção sobre o tema escolhido pela Assembleia da República - "Alterações Climáticas" -, Sara Madruga da Costa sublinhou a relevância desta temática nos nossos dias e sobre a necessidade de refletirmos sobre a importância dos Oceanos para o desenvolvimento sustentável da humanidade e de alterarmos os nossos hábitos, por forma a reduzir a utilização do plástico.

Para Sara Madruga da Costa, “salvar e proteger os Oceanos deve ser uma prioridade, é um grande desafio, mas também pode ser uma grande oportunidade para a Madeira, na área da investigação, na educação e até no surgimento de novos negócios relacionados com o ma”r.
A deputada-social democrata lançou ainda um repto ao Governo da República para que deixe de ser centralista também em relação ao mar e para que clarifique o conceito de gestão partilhada.

"A Madeira tem de ter uma maior autonomia e mais poderes sobre o seu espaço marítimo. A República tem de permitir uma participação mais efetiva da Região também neste domínio, até tendo em conta o importante contributo da Madeira para a plataforma continental portuguesa”, referiu.

Salientou ainda que “este programa é muito importante para aproximar os jovens da política, para sentirem que a sua voz é importante para o debate das questões políticas”. “É muito importante que os jovens percebam que tem uma palavra a dizer no futuro da sua região, no futuro do seu país e que a sua opinião é importante”, disse.

Apesar de as duas sessões incidirem sobre alterações climáticas, a do básico teve por foco ‘Salvar os Oceanos’ e a do secundário ‘Reverter o aquecimento global’.

A final do programa Parlamento Jovem contou com a participação de vários jovens ‘deputados’ e ‘jornalistas’ de diversas escolas dos ensinos e secundário da Região.