• bannerSitePSDM3jan2020.jpg

A deputada à Assembleia da República Sara Madruga da Costa confrontou o Ministro Mário Centeno com mais “um inadmissível bloqueio do Governo da República em relação à Madeira”.

Na audição regimental, que teve lugar na Comissão de Trabalho e Segurança Social da Assembleia da República, Sara Madruga da Costa recordou que o PSD tem vindo a denunciar, na Assembleia da República, “uma série de bloqueios deste Governo em relação à Madeira. Nesta audição regimental ficou bastante claro e evidente mais um dos muitos exemplos de bloqueio, já que a única zona do país em que todas as candidaturas dos trabalhadores precários da RTP foram reprovadas e em que nenhum trabalhador foi integrado foi a Madeira.

“Certamente, foi mais uma infeliz coincidência para a Madeira”, ironizou a deputada madeirense.“Como outras muitas coincidências que temos vindo a denunciar em São Bento”, disse.

Sara Madruga da Costa referiu ainda que "esperava que o Ministro tivesse aproveitado a audição para esclarecer as razões pelas quais foram rejeitadas todas as candidaturas dos trabalhadores da RTP-Madeira". "A verdade é que o Ministro não esclareceu e continuamos a aguardar por explicações. Continuamos a aguardar que o Governo da República e o Conselho de Administração da RTP expliquem quando e de que forma pretendem integrar todos os trabalhadores da RTP-Madeira.”

Veja vídeo da intervenção