• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Terça, 27 Junho 2017

Roquelino Ornelas afirmou hoje que Santa Cruz "merece ser governada em democracia, no respeito por todos, pelo trabalho de todos". "Merece ser um concelho onde dê gozo viver ou visitar. Não pode ficar à mercê de demagogia fácil e de ação apenas no final dos mandatos." 

O candidato do PSD afirmou, na apresentação realizada no Casino, que a sua equipa discorda "da forma agressiva e rude como o JPP tem tratado sobretudo o partido que mais o assusta, chegando a pôr em causa o direito de crítica e de contraditório, insultando, ofendendo gravemente e muitas vezes fugindo à verdade dos factos".

Adiantou que, "nos últimos tempos, tem sido um exagero muito grande", não encontrando "paralelo em sítio nenhum a não ser na Venezuela de Nicolas Maduro".

"Tenho, portanto, sérias dúvidas quando à saúde democrática do nosso concelho", disse Roquelino Ornelas, duvidando igualmente da saúde financeira do município. "Não acredito que, de repente, tenha surgido uma folga financeira que permita este frenesim de obras e de subsídios", sublinhou, fundamentando estas suas dúvidas "nos pareceres isentos elaborados por técnicos que conhecem a realidade por dentro".

Se for eleito Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, tem consciência de que lhe espera muito trabalho pela frente, mas conta com o apoio de todos. 

A candidatura do PSD à Câmara Municipal de Santa Cruz apresenta como slogan 'Uma vida nova'. Celso Almeida é o candidato à Assembleia Municipal, Humberto Bettencourt à freguesia de Gaula, Hélder Silva à Camacha, Damião Coelho ao Caniço, Manuel Vieira a Santa Cruz e Pábulo Freitas a Santo António da Serra.