• slideChao.jpg
  • slideCampanha3.jpg
  • slideCampanha2.jpg
  • slideCampanha4.jpg
  • slideCampanha5.jpg
  • slideCampanha6.jpg
Notícias
  Terça, 27 Junho 2017

João Gabriel Caldeira, candidato do PSD à Câmara Municipal de Santana disse hoje que quer criar mais emprego em Santana, através da captação de investimento e da agilização dos processos camarários, o que permitirá a fixação de mais pessoas no concelho.

O mote “As Pessoas Primeiro” foi dado hoje na Convenção Autárquica do PSD, com o candidato a explicar que toda a ação política terá como missão combater a desertificação e aumentar a qualidade de vida das pessoas que vivem naquele concelho, desde os mais jovens aos mais idosos.

Criticando a “passividade total” da atual autarquia , João Gabriel defendeu a agilização dos processos, a receção rápida e uma resposta mais célere da Câmara para que o concelho se torne mais dinâmico, recordando que a “única obra estruturante feita no concelho foi uma obra iniciada e acabada pelo Governo Regional”.

João Gabriel recordou que 25% da população santanense é idosa, por isso no seu entender qualquer projeto tem que integrar o apoio social aos idosos, estendendo-o às crianças e às instituições.

“Todas as instituições vão ser apoiadas pela Câmara Municipal de Santana”, disse, sublinhando que irá abranger toda a população e todos os sectores, nomeadamente a cultura, a educação, o social, a juventude e o empreendedorismo.

 “Vamos ser de facto agentes facilitadores do investimento”, referiu, garantindo que a captação de investimento público e privado e a criação de emprego são as únicas formas de combater o êxodo rural e a desertificação.

João Gabriel agradeceu a confiança em si depositada pelo presidente do PSD/Madeira, Miguel Albuquerque, o apoio de todos os simpatizantes e da Juventude da Santana, bem como de  toda a sua equipa: Irene Freitas (Assembleia Municipal) , Nélio Gouveia (Junta do Arco de São Jorge), Manuel Luís Andrade (Junta do faial), Lionel Pedro (Junta da Ilha), Rui Freitas (Junta de Santana), Paulo Andrade (Junta de São Jorge) e Gonçalo Jardim (Junta de São Roque do Faial).