• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Segunda, 27 Março 2017

O Grupo Parlamentar do PSD/Madeira reuniu-se hoje com a Direção do Banco de Sangue e com a Associação de Dadores de Sangue da Região, no âmbito do Dia Nacional do Dador de Sangue.

Vânia Jesus começou por manifestar o reconhecimento público aos dadores de sangue, por esse ato voluntário e solidário, e que, muitas vezes, "faz a diferença entre a vida e a morte". A deputada lembrou que esse reconhecimento é concretizado através do quadro legal de benefícios e regalias, que foi complementado, em 2015, com o regime jurídico do dador de sangue, apresentado pelo PSD e aprovado na Assembleia Legislativa da Madeira, trazendo algumas inovações.

Nesta reunião, os deputados do PSD puderam constatar o que já foi consolidado do que ficou previsto no novo regime. Uma das situações previstas era a criação de uma Associação de Dadores de Sangue, a qual está constituída há já um ano. 

Neste momento, segundo o que foi transmitido aos deputados, a Associação está a formar grupos de trabalho, tendo estabelecido protocolos com escolas da Região, com vista à realização de campanhas de promoção para a dádiva de sangue, procurando também rejuvenescer a lista de dadores.

Por outro lado, uma das missões desta nova associação é também assegurar a continuidade da dádiva, para que o serviço de sangue se mantenha autosuficiente.

Já o registo de dadores da Madeira no Cartão nacional não é ainda uma realidade, mas, segundo Vânia Jesus, os contactos estão a ser efetuados para tal, existindo, neste momento, uma incompatiblidade dos serviços de informação.

Ainda a ser trabalhada está também a questão do seguro de responsabilidade civil do dador de sangue.

Neste momento, a Madeira é autosuficiente em termos de sangue, existindo à volta de 3.000 dadores.