• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Quarta, 15 Fevereiro 2017

O PSD/Porto Santo apoia a reintrodução do Coelho Bravo na Ilha do Porto Santo, uma vez que entende que o Governo Regional encontrou o equilíbrio justo entre a actividade cinegética sem descurar a preservação ambiental, e estranha o silêncio da Câmara Muncipal local.

Ao longo da sua história, o Coelho sempre coabitou na Ilha, em equilíbrio com o ecossistema. A actividade cinegética é de extrema importância em termos económicos, para além de ser uma tradição dos porto-santenses, que através da caça têm contribuído para o equilíbrio do ecossistema.

Se o repovoamento do Coelho Bravo não for feito, o PSD/Porto Santo receia que sejam libertados coelhos mansos em ambiente selvagem, como já foi feito no passado. Este cenário teria consequências graves, pois o coelho manso reproduz-se mais rapidamente e come mais, o que iria criar grandes desequilíbrios ao nível da conservação ambiental.

O PSD/Porto Santo reitera, assim, o apoio à solução encontrada pelo Governo Regional. Uma solução que se considera equilibrada e conciliadora.

O PSD/Porto Santo estranha, no entanto, o silêncio do presidente da Câmara Municipal local, numa matéria desta importância. O actual presidente da autarquia criou o Conselho Municipal Cinegético e, nesta matéria, nem se dignou ouvir a opinião dos caçadores, dando continuidade a uma política inócua, vazia e inoperante, revelando uma falta de estratégia neste sector, como em tantos outros