• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Terça, 24 Janeiro 2023

O Grupo Parlamentar do PSD realçou, hoje, a preocupação do Governo Regional em aumentar o rendimento dos trabalhadores madeirenses, destacando a proposta que já deu entrada, na Assembleia Legislativa da Madeira, que prevê o aumento da Retribuição Mínima Mensal, a vigorar na Região, para os 785 euros.

“Há, de facto, essa preocupação que deve ser vista não só no que diz respeito ao aumento do salário mínimo, mas também enquadrada nas políticas transversais deste Governo Regional, nomeadamente ao nível da redução da carga fiscal”, afirmou o deputado Brício Araújo, numa iniciativa realizada no centro do Funchal.

O deputado salientou que os trabalhadores da Madeira beneficiam, assim, de um conjunto de outras medidas que têm permitido o aumento dos seus rendimentos, dando o exemplo do IRS, cuja taxas foram reduzidas, para além deste aumento da retribuição mínima, que é mais 3,3% do que irão auferir os trabalhadores do continente.

Trata-se, conforme sublinhou Brício Araújo, do maior aumento desde 2015, e que acontece no âmbito de um consenso que foi alcançado entre as entidades representativas dos trabalhadores e dos empregadores.

Referindo que o diploma que aprova a retribuição mínima mensal deverá ser aprovado dentro de dias, o deputado acrescentou que “todas as decisões que nos permitem ter uma economia mais robusta e a crescer são também importantes ao nível dos rendimentos dos madeirenses”. “Na prática o que se pretende é que os madeirenses possam receber sempre acima do salário mínimo e isso acontece muito por força das políticas que vão sendo implementadas e pelas dinâmicas que vão sendo criadas na nossa economia”, disse.