• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Quinta, 28 Abril 2022

O deputado Sérgio Marques manifestou, hoje, a esperança numa outra postura do Governo da República relativamente à Região Autónoma da Madeira.

Numa intervenção realizada no debate na generalidade do Orçamento do Estado para 2022, o deputado defendeu “uma maior cooperação, solidariedade e entendimento entre o Governo da República e o Governo Regional”, não devendo, para tal, ser “obstáculo as diferenças políticas e ideológicas naturalmente existentes entre ambos os Governos”.

“Acima destas diferenças, deve estar a conjugação da defesa do interesse nacional com a defesa dos interesses regionais”, referiu, sublinhando que, “desta conjugação e equilíbrio, resultará um reforço da unidade nacional e dos laços de solidariedade entre todos os portugueses, objetivos constitucionais que devemos todos prosseguir”.

A este propósito, recordou aqui a atitude solidária da República por ocasião das devastadoras e trágicas inundações ocorridas na Madeira em 2010, consubstanciada numa Lei de Meios que permitiu a reconstrução da nossa Região.

Assim como o contributo dado pelo então Secretário de Estado Fernando Medina para que a Lei de Meios tivesse sido uma realidade.

“É esta lógica solidária, de parceria e cooperação, que tem de prevalecer e que faltou, há que o dizer, Senhor Primeiro-Ministro, no contexto da maior crise das nossas vidas, provocada pela pandemia”, afirmou, sublinhando que “se o PIB nacional caiu cerca de 8%, na Madeira, atingiu os 14% e nem o aval da República foi prestado ao vultuoso empréstimo contraído pela Região para fazer face à pandemia”.

“Neste novo quadro político, confiamos agora numa outra postura, pelo que lhe pergunto Senhor Primeiro-Ministro se há abertura do Governo, para, no âmbito da discussão na especialidade, serem atendidas favoravelmente algumas questões de grande interesse para a Madeira”, rematou.