• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Sexta, 11 Março 2022

O Grupo Parlamentar do PSD considera que a Madeira constitui, hoje, uma região de novas oportunidades para os jovens, nomeadamente na área digital.

No âmbito de uma visita ao Departamento de Engenharia Informática e de Design de Media Interativos da Universidade da Madeira (UMa), no Campus da Penteada, o deputado Bruno Melim sublinhou que, nos últimos anos, a Região tem sofrido uma profunda transformação económica.

Segundo o deputado, a economia regional deu passos significativos no sentido da sua modernização e da sua internacionalização, indo ao encontro, através do desenvolvimento do trabalho que é realizado na Universidade da Madeira, mas também das apostas feitas pelo Governo Regional, dos principais desafios do futuro, que passam por uma economia digitalizada e sem barreiras, que permita a construção de oportunidades, não só para aqueles que querem vir para a Região como para os que aqui nasceram, aqui se formaram e aqui têm vindo a desenvolver a sua vida.

Bruno Melim sublinhou que essas novas oportunidades se traduzem num leque de valências que estão a ser exploradas, através de software de desenvolvimento, de know-how, de inteligência artificial, entre outras, que vão desaguar em novas respostas e concretizações em diferentes áreas, como a economia, o entretenimento ou saúde.

“Temos, hoje, na Madeira quem crie, quem formalize, quem exporte para o Mundo ideias e conhecimentos, fazendo da nossa Região uma terra mais cosmopolita, mais preparada e, naturalmente, com mais condições de vida para aqueles que querem cá estar, para aqueles que querem regressar ou para os que querem vir de fora”, disse.

Reiterando que a Madeira não se pode cingir à natureza da sua economia tradicional, Bruno Melim realçou a importância que têm tido as parcerias estratégicas do Governo Regional e diferentes entidades, como a UMa, a StartUp Madeira, a Invest RAM, o Centro Internacional de Negócios, funcionando como “uma porta giratória que permite a construção de uma resposta mais diferenciada, de empregos mais qualificados e de melhores ordenados, a que se pode juntar uma qualidade de vida ímpar num território europeu, insular e que tem hoje um conjunto de valências que não tinha há alguns anos”.