• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Quinta, 24 Fevereiro 2022

Agradecendo e enaltecendo o contributo que, de forma exemplar, todos os Militantes têm vindo a prestar ao Partido, em mais um ano que arrancou vitorioso, a Comissão Política do PSD/Madeira, reunida hoje, apelou a que esta união se mantenha e reforce para o futuro e se faça evidenciar, em particular, no Congresso Regional do Partido que terá lugar a 5 e 6 de março. Um Congresso que, conforme avançou o Secretário-geral José Prada, na leitura das conclusões, “se espera mobilizador para os próximos desafios que se avizinham e para o novo ciclo político que ora se inicia, no qual as vitórias eleitorais de 2023 e de 2025 são, desde já, objetivos políticos a atingir”.

Um Congresso que, recorde-se, é aberto à sociedade civil e irá envolver cerca de 1.000 participantes, no Centro de Congressos da Madeira.

Secretário-geral que, neste enquadramento, deu eco aos louvores prestados, nesta reunião, aos elementos que cessam funções da Comissão Política e do Secretariado. “A Comissão Política agradece e louva a disponibilidade, o trabalho e a lealdade de todos aqueles que cessam funções dos diferentes órgãos do Partido, esperando, dos novos elementos que tomam posse no Congresso Regional, a mesma postura, a mesma dedicação e a mesma entrega à defesa do interesse superior desta Região e a uma luta que é comum contra a esquerda e as injustiças de que os Madeirenses têm sido alvo”, disse.

Comissão Política que fez ainda alusão à recente vitória do Partido nas Legislativas Nacionais de janeiro – a quinta vitória consecutiva desde 2019 – assim como, também, à expressiva votação que elegeu a lista liderada por Miguel Albuquerque para mais um mandato à frente do PSD/Madeira, nas eleições diretas que tiveram lugar a 11 de fevereiro, sem esquecer a importante realização da Universidade Jota que decorreu neste último fim-de-semana.

CONCLUSÕES DA REUNIÃO DA COMISSÃO POLÍTICA DO PSD/MADEIRA

Funchal – 24 de fevereiro de 2022

O PSD/Madeira reuniu hoje a sua Comissão Política. Desta reunião resultaram as seguintes conclusões:

A Comissão Política reconhece e enaltece, publicamente, a quinta vitória consecutiva alcançada pelo Partido, desde 2019, nas Eleições Legislativas Nacionais do passado mês de janeiro, uma vitória que, em contraciclo com os resultados eleitorais alcançados no restante território nacional, foi expressiva em 10 dos 11 concelhos da Região, com o PSD/Madeira a cumprir todos os seus objetivos e a derrotar, em toda a linha, o seu principal adversário político, o PS.
Respeitando a vontade do povo Português, que é soberano, quanto à reeleição de António Costa como Primeiro-Ministro de Portugal, esta Comissão Política reitera o compromisso do PSD/Madeira em continuar a lutar pela defesa dos interesses de todos os Madeirenses na República e garante que, nesta nova conjuntura política, insistirá na resolução dos dossiês pendentes, numa abertura e cooperação institucional que, em nome do interesse superior desta Região, espera correspondida pelo Estado.
Expressiva foi, também, a vitória da Lista liderada por Miguel Albuquerque nas Eleições Internas do Partido que tiveram lugar no passado dia 11 de fevereiro, num resultado que esta Comissão Política regista fundamental não só como reconhecimento ao trabalho que tem vindo a ser feito mas, também, como reforço de uma liderança que se quer coesa, firme e determinada para fazer face aos próximos desafios eleitorais.
Agradecendo e enaltecendo o contributo que, de forma exemplar, todos os Militantes têm vindo a prestar ao Partido, em mais um ano que arranca vitorioso, a Comissão Política apela a que esta união se mantenha e reforce para o futuro e se faça evidenciar, em particular, no Congresso Regional do PSD/Madeira que terá lugar a 5 e 6 de março. Um Congresso que se espera mobilizador para os próximos desafios que se avizinham e para o novo ciclo político que ora se inicia, no qual as vitórias eleitorais de 2023 e de 2025 são, desde já, objetivos políticos a atingir.
Neste enquadramento, a Comissão Política agradece e louva a disponibilidade, o trabalho e a lealdade de todos aqueles que cessam funções dos diferentes órgãos do Partido, esperando, dos novos elementos que tomam posse no Congresso Regional, a mesma postura, a mesma dedicação e a mesma entrega à defesa do interesse superior desta Região e a uma luta que é comum contra a esquerda e as injustiças de que os Madeirenses têm sido alvo.
A outro nível, esta Comissão Política enaltece a recente realização da Universidade Jota, evento que contou com a presença de oradores eminentes, assente num Programa focado naquelas que são as soluções para o futuro da Madeira e do Porto Santo. Uma iniciativa que veio reiterar o exemplo da renovação intergeracional que este Partido tem sido capaz de garantir, ao envolver e apostar nos seus quadros mais jovens, assim como o compromisso com o futuro e com as novas gerações que assumem, neste Partido, um reconhecimento particular, renovação essa que é fundamental para a continuidade e evolução positiva do PSD/Madeira mas, também, para a sua capacidade de afirmação global.
A Comissão Política apresenta, por fim, o seu mais profundo pesar pela morte de Anália Rodrigues – endereçando, à família enlutada, os seus sinceros pêsames – uma mulher que, de forma exemplar, serviu e defendeu este Partido e, acima de tudo, a Região, assumindo cada uma das suas lutas e contribuindo, com a sua força, humildade e capacidade de trabalho, para as diferentes conquistas alcançadas ao longo da Autonomia. Comissão Política que, como homenagem simbólica, deliberou que, a par de Carlos Machado, Anália Rodrigues dará o seu nome a uma das salas da Sede Regional