• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Sexta, 11 Fevereiro 2022

Manter o PSD/Madeira enquanto Partido que está na vanguarda das questões fundamentais que dizem respeito ao presente e ao futuro da Madeira é a prioridade de Miguel Albuquerque que, nesta tarde e à margem da sua votação para as Diretas, deixou claro que é isso que tem sido conseguido, ao fim de todos estes anos, através da renovação e da abertura à sociedade que têm sido a marca do seu Partido.

Uma marca que espera reforçada no próximo Congresso Regional que terá lugar nos dias 5 e 6 de março, no sentido de que, através dessa abertura e da auscultação à sociedade civil, seja possível preparar “um bom Programa de Governo para os próximos anos”, capaz de corresponder, precisamente, ao que os Madeirenses ambicionam e legitimamente têm direto.

“O nosso Partido está aberto, tem-se renovado e tem mantido uma auscultação permanente e em intercâmbio com as novas gerações, precisamente para garantir a sua atualização relativamente aos temas que dizem respeito à vida das pessoas”, vincou, lembrando que o PSD/Madeira evoluiu, soube acompanhar as mudanças e transformar a Região numa sociedade moderna, cosmopolita e aberta ao mundo, garantindo, simultaneamente, espaço para que as novas gerações assumam o seu papel, que será determinante para o desenvolvimento integral da Madeira e do Porto Santo. 

Miguel Albuquerque que, nesta oportunidade, reconheceu que esta sua sexta eleição talvez seja a última como candidato a Presidente do Governo, “até porque a minha ideia e o meu compromisso é fazer o último mandato em 2023”, afirmou.