• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Sábado, 13 Novembro 2021

Depois dos contactos levados a cabo em Santa Cruz e no Caniço, o Presidente do PSD/Madeira, Miguel Albuquerque, esteve, ontem, reunido com os Militantes do Porto Santo, num encontro que serviu para destacar e agradecer o trabalho realizado, a unidade conseguida e o excelente resultado das Autárquicas naquela ilha, trabalho esse que é para continuar e reforçar com vista à vitória nas Legislativas de janeiro.

Uma vitória que considera essencial para que a Região reforce a sua luta em nome da defesa dos interesses de todos os Madeirenses e Porto-Santenses na República. “O nosso grande objetivo é termos uma representação parlamentar em Lisboa que seja consentânea com a defesa da Madeira, até porque se não for o PSD a defender a Madeira, mais ninguém defende”, disse, a este propósito, aludindo a vários exemplos de discriminação e de falta de responsabilidade e competência do Estado para com a Região – nomeadamente a falta de ligações no Inverno para o Porto Santo, pela TAP, companhia que é detida pelo Estado – discriminação essa que carece de ser combatida de forma firme e objetiva, já nas próximas Legislativas.

Eleições às quais o Líder dos Social-democratas defende apresentar uma solução conjunta com o CDS, solução essa que será assumida, conforme reiterou neste encontro, no Conselho Regional do PSD/Madeira que terá lugar a 20 de novembro. “O mais importante é colocarmos, em primeiro lugar, a defesa dos interesses da Região e é isso que temos vindo a fazer, na base de uma estratégia política que tem resultado e que resultou nas últimas Autárquicas”, disse, vincando que, havendo uma solução de coligação com o CDS no Governo Regional e, agora, nas principais Câmaras Municipais, incluindo a do Porto Santo, não faz sentido entrar em disputas eleitorais com este parceiro político.

Já sobre as eleições internas para a direção nacional do Partido, Albuquerque insistiu que todos os Militantes são livres para decidir em quem votar e que todos os candidatos têm, igualmente, a liberdade de vir à Madeira falar com os Militantes, mas garantiu que, seja qual for o líder nacional a vencer as eleições, terá de assumir responsabilidades muito claras e objetivas na defesa dos interesses da Madeira e das principais matérias que se arrastam há vários anos na República.

 “Vamos cumprir, integralmente, todos os compromissos assumidos”, garante Albuquerque

 “Era essencial mantermos a Câmara, mas a verdade é que não só mantivemos como reforçamos a nossa votação com maioria absoluta e, neste momento, temos excelentes condições para prosseguir um trabalho de colaboração mútua entre o Governo e a Câmara ao serviço da população do Porto Santo, de modo a que os nossos compromissos, tal como até agora, continuem a ser integralmente cumpridos”, disse o Líder dos Social-democratas, fazendo alusão, entre outros compromissos, ao subsídio de mobilidade para os Porto-Santenses – anunciado esta semana – ao investimento de 14 milhões de euros que será levado a cabo na requalificação do Aeroporto do Porto Santo, ao concurso que será lançado no próximo ano para a Unidade de Saúde do Porto Santo, ao aumento da capacidade residencial do Lar, ao Parque da Cidade e à requalificação da Pousada da Juventude.

“Estamos a trabalhar em cooperação, vamos prosseguir o nosso caminho de compromisso com os Porto-Santenses e temos um rumo para o desenvolvimento integral desta ilha”, rematou.

 “Desde que estejamos unidos, o nosso Partido ganha sempre” afirma Roberto Silva

 Agradecendo todo o empenho e a mobilização dos militantes nestas Autárquicas e vincando que a maioria absoluta alcançada nestas eleições derivou, precisamente, do trabalho e do espirito de união que todos, sem exceção, assumiram nesta campanha eleitoral, o Presidente da Comissão Política, Roberto Silva, fez questão de apelar a que esta unidade se mantenha e reforce para as eleições nacionais de janeiro, rumo a mais uma vitória naquela ilha.

“É fundamental que o PSD vença as eleições em janeiro e, da nossa parte, tudo faremos para cumprir esse objetivo, sendo certo que, desde que estejamos unidos, o nosso Partido ganha sempre”, afirmou, deixando claro que, com trabalho, unidade e sentido de responsabilidade, o Porto Santo saberá ultrapassar, com sucesso, os grandes desafios que tem pela frente.