• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Sábado, 6 Novembro 2021

Naquele que foi o primeiro encontro com os Militantes Social-democratas após as Autárquicas – desta feita realizado, ontem ao fim do dia, em Santa Cruz – o Presidente do PSD/Madeira, Miguel Albuquerque, agradeceu o trabalho feito e a excelente campanha levada a cabo naquele concelho – trabalho esse que cativou as novas gerações – e apelou a que esta união e mobilização se mantenham e reforcem para as eleições legislativas marcadas para 30 de janeiro.

Eleições que, conforme vincou, derivam de uma crise política que “nada tem a ver com questões orçamentais”, mas, sim, com o desentendimento dos partidos de esquerda que sustentavam a geringonça, amplamente derrotados a 26 de setembro, que, agora, romperam com um Governo que nunca soube governar e que apenas contribuiu para o atraso que, a todos os níveis, Portugal enfrenta.

“Não há dúvidas de que os governos socialistas não sabem governar e basta ver o que sucedeu nos anos em que foram poder em Portugal e aquilo que é a realidade económica de um País que já foi ultrapassado pelos seus parceiros europeus, que não cria riqueza e que nivela tudo por baixo”, disse o Líder dos Social-democratas.

Miguel Albuquerque que, na oportunidade, fez questão de sublinhar a importância do PSD/Madeira ter um bom resultado nas próximas Legislativas de janeiro, dando, assim, mais força à luta pelos interesses de todos os Madeirenses na República. “Vamos trabalhar para ganhar as próximas Eleições, apresentando os melhores candidatos, numa estratégia que será definida no próximo Conselho Regional que terá lugar a 20 de novembro no Porto Moniz e que é aberto e conta com todos os nossos Militantes”, disse, reiterando a necessidade de manterem-se as dinâmicas criadas dentro do Partido para mais este combate político.

Por seu turno e agradecendo a confiança depositada no seu projeto, Brício Araújo deixou claro que o compromisso com Santa Cruz é para continuar e reforçar e fez questão de evidenciar, neste encontro com os Militantes, a importância de dar continuidade a todo o trabalho feito, mantendo a mobilização e reforçando, cada vez mais, os princípios e a defesa pelos interesses deste concelho.

“Não vencemos as Eleições, mas sentimos que crescemos e a verdade é que temos, hoje, sinais de recuperação de confiança que não podem ser desaproveitados, assim como não podem ser desaproveitadas as dinâmicas de trabalho que foram criadas durante a última campanha”, disse Brício Araújo, que reiterou contar com todos na defesa dos interesses da população de Santa Cruz. “Vamos continuar a trabalhar para fazer cumprir Santa Cruz”, garantiu.