• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Sábado, 2 Outubro 2021

No debate sobre o estado da União Europeia, deputado lembrou impacto económico e social da pandemia da pandemia nestas regiões.

 

Numa altura em que o Mecanismo de Recuperação e Resiliência está já em execução e em que se prepara a entrada em vigor do novo quadro plurianual de Fundos Estruturais, o deputado Sérgio Marques, eleito pelo PSD Madeira à Assembleia da República, reivindicou, uma nova estratégia europeia para a ultraperiferia. Uma matéria para à qual já alertaram os Presidentes das Regiões Ultraperiféricas, na reunião realizada nos Açores em maio passado, lembrou.

Sérgio Marques interveio no debate sobre o estado da União Europeia, onde defendeu que essa nova estratégia europeia “tenha em conta o tremendo impacto económico e social da pandemia”, devendo, também, estabelecer medidas de prevenção de novas crises, promover uma maior coesão social e assegurar uma transição digital e ecológica com equidade e justiça nestas Regiões.

Uma nova estratégia europeia, adiantou o deputado social-democrata, que ajude, ainda, “a ultraperiferia a fazer face, nas palavras da Presidente da Comissão Europeia, à crise planetária mais grave de sempre: as alterações climáticas”.

Embora tenha a consciência de que a Comissão Europeia está já a trabalhar neste dossier e tem mesmo aberta uma consulta pública e que o Governo, e em particular a Senhora Secretária de Estado dos Assuntos Europeus, está a acompanhar o assunto, Sérgio Marques sublinhou, que “temos todos de agir com sentido de urgência”, salientando que “a ação europeia tem de ser tão rápida como foi relativamente à aprovação de certificado digital da Covid-19”

 

Publicado no Diário de Notícias da Madeira, 02.10.2021