• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Terça, 1 Junho 2021

“Temos os melhores candidatos, vamos ter os melhores programas e temos de saber usar as melhores técnicas para chegar, com sucesso, ao nosso eleitorado, numa preparação que se impõe reforçar quando temos o grande desafio das Eleições Autárquicas pela frente” afirmou, ontem, o Presidente do Gabinete de Estudos e Relações Externas do PSD/M, Paulo Neves, à margem da Conferência “Marketing Politico e contactos com os Eleitores” que teve lugar na sede regional do Partido, com transmissão online via zoom. Uma iniciativa que, organizada por este Gabinete, juntou os candidatos às Autárquicas e assentou em dois painéis, um especificamente relacionado com as técnicas a adotar e nas experiências seguidas em outras campanhas – já realizadas em contexto de pandemia – e, o segundo, envolvendo as Direções do Diário de Notícias da Madeira, do JM-Madeira e da RTP/Madeira.

Na sessão de abertura, Carlos Teles, na qualidade de Presidente dos Autarcas Social-democratas, reiterou que o PSD/M apresenta, às próximas Eleições, “os melhores candidatos, as melhores equipas e os melhores projetos” e mostrou-se confiante na vitória, vincando a necessidade de continuar a trabalhar junto das populações, numa relação de proximidade e de valorização do poder local – tanto o poder nas autarquias quanto nas juntas de freguesia – que faz parte da identidade do PSD/M e que deve ser reforçada para o futuro.  Já o Secretário-geral José Prada, subscrevendo estas palavras, fez questão de afirmar que o seu Partido nunca parou e soube ajustar-se, desde a primeira hora, aos condicionalismos impostos pela pandemia e que é essa força que manterá nos próximos meses, sabendo encontrar, perante uma realidade que é diferente, as melhores soluções para cumprir os seus objetivos. “Temos de saber estar à altura desta missão, recorrendo a todas as ferramentas e a todas as soluções que nos permitam preparar, aperfeiçoar e consolidar o nosso trabalho”, disse.

Os oradores do I Painel – Luís Pereira (Secretário Geral do PSD/Açores), Manuel Soares Oliveira (Marketeer) e Francisco Maria Teixeira (Especialista em Comunicação Política) – reforçaram, de forma unânime, a importância do contacto direto com os eleitores, nas chamadas ações “porta-a-porta” e vincaram o peso que esta proximidade tem nos resultados eleitorais, deixando claro que, mesmo em pandemia, esses contactos, ainda que respeitando todas as normas de saúde em vigor, devem manter-se. As novas tecnologias assumem, também e segundo frisaram os oradores, um importante papel na comunicação política e ajudam a promover os projetos junto dos cidadãos, mas devem servir em complemento e, não, de forma isolada, descurando a presença e a proximidade dos candidatos aos seus eleitores.

Já no II Painel, Ricardo Oliveira, Agostinho Silva e Gil Rosa sublinharam a importância do planeamento e da organização dos Partidos, nestas eleições – atendendo ao número de candidatos envolvidos nas mesmas – garantiram a cobertura nas diversas plataformas e meios que atualmente têm ao dispor (rádio, imprensa e digital) e também confirmaram a promoção de debates a realizar com os vários candidatos, ainda que, a esta distância e quando existem candidaturas por definir, seja prematuro avançar com critérios específicos de cobertura que serão conhecidos oportunamente.

Fazendo um balanço positivo desta ação – a primeira sob a sua coordenação – Paulo Neves enfatiza que o Gabinete de Estudos “existe para apoiar o PSD/M”, tanto do ponto de vista da investigação quanto da formação, deixando claro que esta experiência “foi bastante positiva como esclarecimento e incentivo ao trabalho que será desenvolvido nos próximos meses” e salientando que o PSD/M “é um Partido que trabalha todo o ano em prol da população e não apenas em altura de eleições e que, por isso mesmo, é um Partido vencedor”.