• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Sexta, 9 Abril 2021

O Grupo Parlamentar do PSD apresentou, na Assembleia Legislativa da Madeira, um Voto de Congratulação pelo 40º Aniversário da Associação Xarabanda, felicitando todos os que deram e dão alma a este projeto, que em muito tem enriquecido o panorama musical tradicional e a cultura musical da população, em particular dos nossos jovens, quer através do conhecimento das canções antigas, quer da aprendizagem dos instrumentos tradicionais e da nossa cultura no geral.

Formado em 1981, o grupo ‘Algozes’, que mais tarde deu origem à Associação Xarabanda, nasceu com um propósito que ia mais além da paixão pela música. Pretendia-se, através dela, ir ao encontro das raízes musicais madeirenses e reforçar a identidade regional. Assumindo-se como um grupo de intervenção cultural com influência de Zeca Afonso, Adriano Correia de Oliveira e outros grandes artistas que marcaram sobretudo a década de 70, os Algozes tiveram por fundadores João Viveiros, José Camacho, Rui Camacho e Eleutério Corte, Carlos Pereira. A estes juntaram-se João Luís Aguiar, Joel Camacho Ezequiel Pereira, Guida Batista, Fátima Vasconcelos, Rui Alas, Jorge Martins.

A primeira atuação foi em abril, no Colégio de Santa Teresinha, seguindo-se novas subidas a palco nas comemorações do 1º de Maio, juntamente com Zeca Afonso, e a 2 de agosto, no III Festival Musical do Faial, aqui com dois temas originais de intervenção cultural (música e letra de João Viveiros).

A Associação Xarabanda tem realizado um trabalho notável ao longo destes últimos 40 anos na recuperação do património musical madeirense e na sua divulgação junto das novas gerações, contribuindo, igualmente, para o incentivo à aprendizagem dos instrumentos tradicionais e para o surgimento de novas formações musicais com cariz mais tradicional.

Além da afirmação no panorama musical e das parcerias com a Secretaria Regional do Turismo e Cultura, o relacionamento com a Secretaria Regional de Educação e com as escolas tem sido uma constante ao longo dos anos, permitindo dar a conhecer os instrumentos musicais madeirenses e a importância da tradição cultural madeirense em geral.