• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Quarta, 24 Março 2021

Deputada sublinha entendimento conseguido com o PS na aprovação das novas regras para a atribuição de benefícios fiscais para o CINM, conforme proposta do PSD/M e espera que este consenso seja um bom augúrio para o futuro e para a resolução dos dossiês pendentes na República que são do interesse da Madeira

"É com enorme satisfação que vimos ser aprovada a nossa proposta com vista a garantir o futuro do Centro Internacional de Negócios da Madeira, fruto de um enorme trabalho, do contributo de várias entidades e de um consenso felizmente obtido com o PS", afirmou, hoje, a deputada Sara Madruga da Costa, no final da reunião da Comissão de Orçamento e Finanças da Assembleia da República.

Uma aprovação para a qual, conforme refere, “o consenso e a plataforma de entendimento conseguida com o PS, na pessoa do deputado Carlos Pereira, foram essenciais e possibilitam que se avance numa solução equilibrada para o CINM que faz prevalecer, conforme sempre foi o nosso objetivo, o interesse da Madeira".

Destacando o entendimento alcançado e a postura construtiva que foi manifestada ao longo das audições e das negociações entre todas as partes envolvidas neste processo, a deputada Social-democrata sublinha que este é o exemplo “de que com trabalho e persistência e, naturalmente, com bom senso, tudo se consegue, particularmente quando está em causa a defesa da Madeira”, lembrando que o PSD “esteve sempre e desde a primeira hora ao lado do CINM e de tudo o que este Centro representa para a Região, na Assembleia da República". A este propósito, Sara Madruga da Costa recorda as várias iniciativas legislativas apresentadas com vista a clarificar o regime e a possibilitar a emissão de novas licenças a partir de 01 de janeiro, bem como a audição inédita da SDM, da ACIF e da APCINM na Comissão de Orçamento e Finanças da Assembleia da República, entidades essas que foram ouvidas pela primeira vez no parlamento nacional.

“Espera-se que esta plataforma de entendimento seja um bom augúrio para o futuro e para a viabilização de outras questões fundamentais para a Madeira, como é o caso da revisão da Lei das Finanças Regionais e não temos dúvidas de que se todos estiverem ao lado da Madeira e dos Madeirenses, a defesa dos nossos interesses torna-se bem mais consistente e com os efeitos que todos desejamos”, remata a deputada do PSD/M.