• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Terça, 12 Janeiro 2021

Na sua intervenção perante a Comissária Europeia, Elisa Ferreira, o deputado Paulo Neves fez questão de sublinhar a importância do Plano de Recuperação Europeu “chegar rapidamente e de forma justa aos cidadãos”, chamando a atenção para a necessidade das Regiões Insulares da Europa não serem esquecidas nesta estratégia

“Os fundos do Plano de Recuperação Europeu devem chegar rapidamente e de forma justa aos cidadãos e assumem, sem dúvida, um forte impacto no presente e no futuro da Europa” afirmou, hoje, o deputado Paulo Neves, numa intervenção em que apelou à Comissária Europeia, Elisa Ferreira, “mais atenção às Regiões Insulares da Europa, que não devem ser relegadas para segundo plano na estratégia de recuperação prevista”.

“Em nosso entender, deve existir uma atenção prioritária às Regiões Insulares da Europa e é importante lembrar que a Europa não é só a Europa continental, é também a Europa Atlântica, onde se destaca o arquipélago da Madeira, que é, a vários níveis, uma mais valia para a Europa”, disse, na ocasião, Paulo Neves, vincando que, concretamente do ponto de vista da recuperação social e económica mas, também, em termos da abordagem sanitária que está a ser seguida na gestão da pandemia, “é fundamental que as Regiões Ultraperiféricas, como é o caso da Madeira, saiam privilegiadas no contexto europeu”.

Paulo Neves que, nesta oportunidade, referiu-se, ainda, à importância dos apoios à mobilidade digital e o ao turismo, áreas que identificou como fazendo parte de uma Agenda prioritária para a Madeira.