• jan_21_banner.jpg
Notícias
  Sexta, 11 Dezembro 2020

O Grupo Parlamentar do PSD destacou, nesta sexta-feira, o investimento previsto no próximo Orçamento da Região, no respeitante à área da Saúde, à margem de uma reunião levada a cabo com o Conselho de Administração do SESARAM.

Um Orçamento que, nesta área e para além de reforçar a continuidade das intervenções de melhoria, operacionalidade e modernização das infraestruturas hospitalares – tendentes a garantir melhores serviços à população – e de contemplar o arranque do novo Hospital, prevê̂, igualmente, o reforço de verbas para Programas específicos, como é o caso do Programa para a Recuperação das listas de espera das cirurgias, Programa ao qual, conforme vincou a deputada Conceição Pereira, “estão consagrados, nesta proposta de Orçamento, 5 milhões de euros”.

“Estamos perante um Orçamento rigoroso e responsável que prioriza necessidades e respostas aos nossos utentes e a verdade é que, apesar da pandemia e de toda a logística que, ao nível da saúde, foi montada para combater e conter o surto, houve, efetivamente, em 2020, alguma recuperação das Listas de Espera e temos dos números mais baixos dos últimos anos”, vincou, na oportunidade, a deputada, frisando que a verba inscrita e destinada a este Programa servirá para dar continuidade ao excelente trabalho que tem vindo a ser realizado pelos profissionais de saúde, “com grande sacrifício, abnegação e espírito de missão, fora do horário normal de serviço”.

A diminuição das Listas de Espera “é um objetivo e um trabalho em continuidade e constante evolução, que apresenta uma dinâmica própria e onde, diariamente, há́ que atender às situações que se conseguem resolver e, ao mesmo tempo, aos novos casos que surgem, numa procura cada vez maior, relativamente à qual nem sempre as respostas imediatas são possíveis”, sublinhou a deputada, enaltecendo o esforço e os resultados que têm vindo a ser conseguidos e, bem assim, aqueles que virão a ser alcançados fruto deste reforço de verbas.

“Na base da rentabilização máxima dos recursos humanos disponíveis na Região e da capacidade instalada no SESARAM, estamos certos de que continuaremos a trabalhar em prol da melhor resposta à nossa população e por um serviço de saúde de qualidade, como aquele de que a nossa Região atualmente dispõe”, rematou Conceição Pereira.