• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Terça, 25 Agosto 2020

Deputados Social-democratas eleitos ao parlamento nacional reiteraram, hoje, a necessidade de haver mais apoio e mais acompanhamento, por parte do Governo da República, ao setor do turismo e, em particular, ao Alojamento Local, atividade da qual dependem, diretamente e na Região, milhares de famílias. Uma atividade que se tem revelado "um importante complemento à imagem e oferta do destino”

Foi numa visita a um dos estabelecimentos de alojamento local existentes no Funchal, mais propriamente na freguesia de São Gonçalo, que o deputado Paulo Neves apelou a que exista “mais atenção, mais acompanhamento e mais apoios ao setor do turismo e a todos os que nele trabalham e investem”, sobretudo nesta fase de recuperação dos efeitos da pandemia que se fizeram sentir, com grande evidência, no nosso destino.

Uma defesa intransigente deste setor que, conforme destacou o deputado madeirense, “tem sido uma preocupação constante e uma bandeira dos deputados do PSD/M eleitos à Assembleia da República”, precisamente pela sua dimensão e pelo peso que representa na economia regional e na estabilidade social, tanto na Madeira quanto no Porto Santo.

Reiterando que o alojamento local não é uma “questão secundária”, mas, antes, um importante complemento à imagem e à oferta do destino Madeira, Paulo Neves fez questão de sublinhar a importância destes investimentos. Investimentos que, segundo frisou, “são de qualidade, diferenciam o produto e têm tido um papel essencial na reabilitação urbana das nossas cidades, mas, também, das zonas rurais, concretamente da costa norte e que, inclusive, nesta fase, têm sido escolha de muitos madeirenses”.

Uma aposta que tem de ser apoiada e incentivada, especialmente neste processo de recuperação, pelo Governo da República – reforçando-se, assim, o extraordinário trabalho que o Governo Regional tem feito nesse sentido – para que tanto quem investiu neste tipo de oferta quanto o destino no seu todo fiquem a ganhar, ao manter e criar novas atratividades e novas formas de experienciar o produto e de reforçar a sua notoriedade no mercado.

Paulo Neves que, na ocasião, fez questão de valorizar o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Governo regional no sentido de manter e reforçar a imagem da Região enquanto destino seguro – com efeitos diretos no aumento da procura, quer de turistas estrangeiros quer nacionais – assim como o facto do Governo Britânico ter retirado Portugal da lista negra, integrando-o no corredor turístico que dispensa a quarentena no regresso, decisão essa que teve efeitos diretos e imediatos no incremento das reservas para a Madeira.

“Fizemos bem em insistir junto do Governo da República na importância da Madeira fazer parte do corredor turístico com o Reino Unido e esta é, sem dúvida, uma boa noticia que nos motiva a trabalhar, ainda mais, em nome dos interesses de quem trabalha e de quem investe no turismo regional”, afirmou, garantindo que o PSD continuará a pactuar a sua atuação pela defesa deste setor e pela consagração de mais apoios que são possíveis e necessários, quer na perspetiva da sustentabilidade dos investimentos quer da manutenção dos postos de trabalho e da promoção, tanto mais quando deles também depende a recuperação económica do País e da Região.