• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Domingo, 14 Junho 2020

Na Audição que decorreu na Assembleia da República ao Presidente da ANACOM, o deputado madeirense Paulo Neves fez questão de lembrar o projeto do Cabo submarino e a sua importância vital para a competitividade económica da Região.

Isto, conforme sublinha, a par da continuidade territorial que também se garante através deste projeto, neste caso "uma mobilidade tecnológica, que representa o futuro e na qual a Madeira tem vindo a investir, até para fazer face aos desafios que, também nesta área, se avizinham".

A este propósito, lembrou, “a Região já fez um investimento considerável para se ligar ao novo e moderno cabo que liga o Brasil a Portugal continental e é essencial que, agora, os trabalhos prossigam e seja garantida mais esta resposta, de forma a que, também através das novas tecnologias, a nossa condição insular e ultraperiférica não seja um problema mas, sim, uma oportunidade”. 

Aliás, este é, sem dúvida, mais um passo para que a Região passe a dispor de mais e melhores redes de comunicação em fibra óptica, “assumindo uma posição privilegiada neste domínio”, vincou.

Paulo Neves que, durante a sua intervenção, fez também questão de lamentar que este regulador não interfira nos atrasos de entrega de correspondência para a Madeira, por parte dos CTT, atrasos esses que foram, na ocasião, reconhecidos.