• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Segunda, 8 Junho 2020

O Grupo Parlamentar do PSD visitou, hoje, na Ponta da Sol, uma exploração agrícola de produção de papaeiras e de produtos hortícolas, onde o deputado Nuno Maciel revelou a entrega, na Assembleia Legislativa da Madeira, de um projeto de resolução que visa recomendar ao Governo Regional a candidatura ao regime escolar para o apoio à fruta, às hortícolas, ao leite e aos derivados de leite, nas escolas do pré-escolar e do 1ªciclo do ensino básico.

“Trata-se de um projeto que é possível se candidatar ao IFAP no âmbito dos apoios e dos fundos comunitários de incentivo à agricultura e à produção agrícola”, disse Nuno Maciel.

O deputado referiu que se pretende ter em linha e aprofundar aquela que é a estratégia do Governo Regional para uma alimentação saudável e para os bons hábitos alimentares nas escolas, “que é uma estratégia que o Governo já segue há alguns anos, no âmbito dos buffets escolares e que, efetivamente importa aprofundar”.

“Podemos dizer que vamos num bom momento naquilo que é a produção regional, temos produtores que começam a ganhar escala e a apoiar e a incentivar uma agricultura de sustentabilidade e que, paralelamente, conseguem garantir aquelas que são as exigências do mercado”.

Nuno Maciel lembrou que o Governo Regional está, nesta altura, a fazer a candidatura ao concurso público, para o próximo triénio, de fornecimento de refeições escolares, sendo esta medida “complementar àquele que é o trabalho que o Governo Regional tem feito ao longo destes anos”, indo ao encontro não só da “boa alimentação nas escolas” como também “da defesa do produto agrícola regional e do produtor regional”, através do incentivo e da valorização da agricultura que é feita na Madeira.

A exploração visitada hoje pelo Grupo Parlamentar é, segundo o deputado, “um bom exemplo” daquilo que se faz na nossa Região, sendo ali produzidas, anualmente, entre papaias e produtos hortofrutícolas, mais de 200 toneladas de “boa e excelente produção regional”.

“São estes bons exemplos que nós queremos alavancar e queremos aproveitar os fundos que existem também para que se continue a majorar e a incentivar a produção regional nos nossos buffets escolares.”