• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Quarta, 26 Fevereiro 2020

A Assembleia Municipal de Machico aprovou, hoje, por unanimidade, um Voto de Pesar apresentado pelos Deputados Municipais do PSD relativamente ao recente falecimento da Empresária Fernanda Pires da Silva. Um Voto que, reconhecendo e lembrando o contributo desta Empresária para o desenvolvimento económico do concelho, endereça, a toda a sua família, as mais sentidas condolências.

Nascida em Lisboa, em 1923, Fernanda Ferreira Pires da Silva foi uma empresária portuguesa reconhecida pelo seu empreendedorismo, tendo-se destacado, a nível nacional, na presidência do Grupo Grão-Pará e pela construção do Autódromo do Estoril que ainda hoje ostenta o seu nome, para além de outras atividades e cargos que desempenhou.

Foi comendadora da Ordem Civil do Mérito Agrícola e Industrial e Grande-Oficial da Ordem do Mérito, com elevação a Grã-Cruz da mesma Ordem.

Como empresária na área da hotelaria, Fernanda Pires da Silva ainda hoje é carinhosamente recordada por ter colocado Machico no mapa do turismo regional, nacional e até internacional, com a construção e exploração, a partir dos finais dos anos 60, da primeira cidade turística do país, o complexo turístico Matur/Atlantis, situado na freguesia de Água de Pena, deste concelho de Machico, sendo o primeiro projeto turístico madeirense fora do Funchal, o que representou, à época, um grande polo de emprego e, por conseguinte, motor de desenvolvimento económico e social de todo o concelho.

“O facto de o Hotel Atlantis ter sido desativado e implodido no âmbito da construção das obras de ampliação do aeroporto da Madeira e de, hoje, o complexo turístico da Matur estar fortemente amputado, desativado e reduzido a uma zona residencial não apaga da nossa memória a audácia desta ilustre empresária e o seu contributo para a história da hotelaria do concelho”, sublinharam, na ocasião e neste Voto de Pesar, os deputados municipais Social-democratas.