• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Terça, 4 Fevereiro 2020
“Ao contrário do que afirmaram os deputados do PS eleitos à Assembleia da República, nós, deputados do PSD/M, conseguimos fazer aprovar, logo no primeiro dia, 11 propostas muito importantes para a Região e é isso que nos move, o interesse superior da nossa terra e o melhor para todos os Madeirenses e Porto-santenses”. A afirmação é da deputada Social-democrata Sara Madruga da Costa que conseguiu aprovar, ontem, na Comissão de Orçamento e Finanças, 11 propostas de alteração da Madeira ao Orçamento de Estado para 2020, propostas essas que, inicialmente, contavam com os votos contra do Partido Socialista.
“É caricato que os deputados madeirenses do PS, que apenas apresentaram duas propostas de alteração para a Madeira, tenham passado os últimos dias a criticar o nosso trabalho, a afirmar que valiam muitos votos e a propagandear o poder negocial que tinham quando, ao fim e ao cabo, esse dito poder não contou para nada e foram completamente irrelevantes nessas aprovações”, vinca a deputada, sublinhando que as “propostas da Madeira aprovadas, no dia de ontem, foram e seriam aprovadas mesmo com o voto contra do PS que, inclusive e depois de vê-las viabilizadas, alterou o seu sentido de voto apenas e tão só para não ficar isolado”.
Sara Madruga da Costa que destaca a estratégia vitoriosa seguida pelos deputados do PSD/M em apresentar propostas de alteração válidas e consistentes ao Orçamento de Estado, apelando, mais uma vez e neste segundo dia de votações, ao “interesse superior da Madeira”: “temos de estar todos unidos e votar, em consciência, a favor dos Madeirenses e Porto-santenses, sem entrar na demagogia e na crítica infundada que, pelos vistos, não passam disso mesmo, como ficou provado”, rematou.
 
PROPOSTAS APROVADAS:
 
1. Aposentação dos trabalhadores dos Matadouros da Madeira.
2. Regularização profissional em 2020 dos trabalhadores da RTP/Madeira.
3. Alteração dos limites de endividamento para a construção do novo Hospital da Madeira.
4. Redução dos juros da divida.
5. Financiamento do novo Hospital da Madeira de acordo com a Resolução de Conselho de Ministros a aprovar.
6. Apoio financeiro aos lusodescendentes regressados da Venezuela.
7. Obrigação do Governo da República em apoiar o passe sub 23 para os estudantes universitários da RAM.
8. Lançamento, até ao final de 2020, do procedimento de consulta pública do Cabo Submarino.
9. Reforço de meios, em 2020, para o subsídio de mobilidade.
10. Ligação ferry em 2020.
11. Construção de novas esquadras da PSP na RAM.