• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Sexta, 20 Dezembro 2019

O grupo Parlamentar do PSD visitou o Abrigo de Nossa Senhora da Conceição, onde, conforme afirmou a deputada Rubina Leal, é “feito um trabalho meritório, totalmente dedicado às crianças e jovens que têm de ser protegidas”.

Rubina leal ressalvou que esta é uma das 65 instituições de solidariedade social (IPSS) que recebem apoio, em termos de financiamento, do Instituto de Segurança Social, entre as 75 que estão registadas.

A deputada salientou que os acordos de cooperação têm vindo a ser reforçados, sucessivamente, desde 2015. Neste ano, lembrou, foram atribuídos às instituições da Segurança Social mais de 19 milhões de euros, sendo que esse apoio foi, em 2016, no valor de 21 milhões de euros, subindo para 23 milhões, em 2018.

“Isto significa mais 9,5% de apoio a estas instituições para fazerem um trabalho que é suplementar ao trabalho do Governo Regional”, disse Rubina Leal.

Segundo a deputada, a maior parte dos acordos de cooperação realizados têm por finalidade o apoio à população idosa, uma faixa etária que é mais vulnerável e que precisa ser apoiada, não obstante o excelente trabalho que é feito também pelas instituições que trabalham junto dos mais novos, como é o caso do Abrigo de Nossa Senhora da Conceição.

Rubina Leal salientou, por isso, todo o investimento que é feito pelo Governo, assim como o trabalho que é realizado pelas IPSS, acrescentando que, “apesar do orçamento da Segurança social da Madeira ser inferior ao dos Açores”, a gestão do Instituto de Segurança Social e do Governo Regional “tem sido primorosa, no sentido de vir, desde 2015 até ao corrente ano, a subir os apoios a estas IPSS para bem servir toda a nossa população mais vulnerável”.

Sobre o orçamento da Segurança Social recordou que são menos 45 milhões de euros, relativamente aos Açores, apesar de as realidades e de as problemáticas serem idênticas.