• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Quinta, 21 Novembro 2019

“É no mínimo estranho que uma Autarquia que se diz defensora da causa animal mantenha por cumprir as suas promessas, algumas das quais há mais de 2 anos, como é o caso do crematório do Canil do Vasco Gil”. A afirmação é da vereadora social-democrata Joana Silva que, hoje, em sede de reunião de Câmara Municipal, decidiu chamar a atenção para o incumprimento de mais este projeto camarário, neste caso relacionado com os animais domésticos, contrariando aquilo que diz ser “uma política de anúncios que ficam por executar no concelho”.

“O que nos sabemos é que este Executivo já tem um mandato completo, já vai a meio do segundo e que este Crematório para animais domésticos continua sem licenciamento e sem qualquer regulamento de taxas de utilização”, sublinhou, na ocasião, a vereadora, lembrando que o PSD já alertou por diversas vezes para esta situação, até porque é mais um serviço que se presta aos Munícipes e que, neste caso, continua a ser esquecido, “quando bastaria que se avançasse para o seu devido licenciamento e regulamentação”.

Joana Silva que insiste na contradição que é visível, por parte do Executivo socialista, nesta matéria, um Executivo que se diz a favor da causa animal e “que depois acaba por falhar nas respostas básicas que deveriam ser dadas à população residente no concelho que cuida e que deseja atender aos seus animais, da melhor forma”.

“A verdade é que este Crematório pode e tem todas as condições para funcionar, é um serviço que poderia estar à disposição dos cidadãos e isso só não é possível porque a Câmara não enceta as devidas diligências para promover o seu licenciamento e muito menos se preocupou ainda em fazer a devida regulamentação que irá nortear o seu acesso”, rematou a vereadora do PSD, lembrando que este serviço está a ser utilizado, atualmente, do ponto de vista interno.