• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Sexta, 15 Novembro 2019

O Governo da República não cumpriu com o Orçamento do Estado para 2019, nomeadamente com o que constava do artigo 72.º, através do qual assumia o compromisso de promover, até ao final da sessão legislativa que terminou em julho passado, “os estudos necessários para sustentar a majoração do financiamento das instituições publicas de ensino superior das regiões autónomas” e para compensar os sobrecustos da insularidade e da ultraperiferia. E, neste enquadramento, “falhou redondamente para com a Universidade da Madeira, com os seus alunos, professores e demais comunidade educativa, numa postura que sai ainda mais agravada perante as dificuldades financeiras que esta instituição atravessa, neste momento, e que são do conhecimento do Estado Português”.

É desta forma que a deputada Social-democrata Sara Madruga da Costa encara este tema como uma das suas grandes prioridades e insiste no incumprimento do Governo da República em relação à Universidade da Madeira, neste caso no campo dos apoios financeiros, situação sobre a qual já questionou o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, de quem espera a clarificação deste dossiê.

“O Governo da República desrespeitou, mais uma vez, os compromissos que tinha assumido com a Região e fez tábua rasa das normas orçamentais", referiu Sara Madruga da Costa, lamentando que, num assunto que é tão importante para a Madeira e que envolve o reforço do financiamento da nossa Universidade, o Governo da República “se demita das suas responsabilidades e de procedimentos que devia ter assegurado, conforme estava obrigado a fazê-lo". Uma situação que, no entender da deputada, não pode passar incólume.