• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Sexta, 20 Setembro 2019

Centenas e centenas de militantes e simpatizantes do PSD/Madeira fizeram questão de associar-se, esta tarde, a uma caminhada que percorreu e encheu as principais ruas do Funchal, numa manifestação de força e de unidade muito bem-sucedida que juntou, mais uma vez, Miguel Albuquerque e Alberto João Jardim.

“Juntos em nome da Madeira e do Porto Santo, de um futuro que não pode nem vai ser posto em causa, pelo nosso povo, no próximo domingo”, afirmou Miguel Albuquerque, satisfeito com o apoio, a mobilização e a união do PPD/PSD, “o único partido capaz de governar com estabilidade, em nome de todos e para todos”.

“Um partido que luta e que sempre lutou em nome dos Madeirenses e Porto-Santenses, um partido que é feito de convicções”, vincou o líder dos Social-democratas, sublinhando que, ao contrário de outros, “o PSD/Madeira não quer chegar ao poder a qualquer preço nem nunca chamaria a si, para formar coligações, outros partidos que até nem partilham das mesmas ideologias apenas e só para poder governar, como pretendem fazer os socialistas”.

Miguel Albuquerque aproveitou a ocasião para reforçar que, na Madeira, “são os Madeirenses que mandam” e que, por isso mesmo, em consciência, “o nosso povo saberá dar a resposta a quem tudo fez para prejudicar a nossa Região, nestes últimos quatro anos, assim como saberá demonstrar que não quer regressar ao passado nem ao comando de Lisboa”.

“Temos um projeto que é sério e responsável”, frisou o líder dos Social-Democratas, “um projeto que simultaneamente atende ao desenvolvimento social, económico e cultural da nossa Região”.

Dos compromissos assumidos por Miguel Albuquerque, no decorrer desta Campanha, recorde-se, entre outros, o reforço do kit bebé, o alargamento ao pré-escolar da redução de 40% no valor das mensalidades, a manutenção da redução do preço dos passes, a redução progressiva dos impostos e o reforço do apoio aos idosos, quer do ponto de vista da resposta em lares e centros de noite, quer ao nível da ajuda domiciliária.

A saúde e a educação serão, a par da habitação social, outras das grandes apostas da próxima legislatura, sem esquecer o apoio reforçado aos agricultores, aos empresários e aos trabalhadores e, também, a maior valorização da Administração Pública.

A nossa luta é contra todos aqueles que representam a “ofensiva do centralismo liderada por Lisboa e vamos lutar até ao fim, até ao último dia, para vencer estas eleições”, assegurou Albuquerque, garantindo que “a 22 de setembro, a Madeira saberá escolher e será a Madeira a ganhar”.

Acresce referir que, no fim da arruada, o Líder dos Social-democratas fez questão de agradecer a presença do Presidente Honorário do Partido, Alberto João Jardim, agradecendo, igualmente, aos militantes e simpatizantes, ao Secretário-geral do Partido, José Prada e ao respetivo secretariado, à JSD, aos TSD, aos Autarcas e ao Núcleo de Emigrantes do PSD/Madeira, todo o apoio e empenho nesta Campanha.