• Captura de ecrã 2019-08-29, às 17.15.49.png
Notícias
  Terça, 10 Setembro 2019

A Candidatura do PSD às Eleições Regionais de 22 de setembro salientou hoje, através de Brício Araújo, numa iniciativa realizada no Garajau, que o desafio do desemprego foi desde logo assumido pelo atual Governo Regional como uma prioridade, que tinha por principal meta aumentar o número de madeirenses empregados e, por consequência, diminuir a taxa de desemprego.

O candidato sublinhou que passados 4 anos podemos assumir que o objetivo foi alcançado, sendo os dados mais evidentes dessa realidade a criação de mais de 18 mil novos postos de trabalho e a descida recorde da taxa de desemprego de 15,8% para 6,9%.

“Esta redução para menos de metade em 4 anos, deveu-se à estabilidade política que proporcionou um crescimento económico, ao clima de confiança fundamental para a contratação no sector privado, a par do alargamento das medidas de emprego”, afirma.

Brício Araújo acrescentou que, ao longo deste mandato, o Governo do PSD investiu 74 milhões de euros só em Emprego, tendo atualmente, 15 medidas de Emprego, das quais queremos destacar o PEED - Programa de Estímulo aos Empreendedores Desempregados, que já gerou 559 novos postos de trabalho.

Nos próximos 4 anos, o PSD assume a criação de novos programas de emprego, com destaque para a majoração no apoio aos postos de trabalho criados em projetos no âmbito da economia azul, verde e/ou circular, na criação de projetos em concelhos com baixa população e um programa destinado a pessoas com deficiência e com incapacidade que apresentem dificuldades no acesso, manutenção e progressão no emprego, garantindo a participação e inserção social de forma a promover condições de igualdade também no acesso ao emprego.

Há, assim, segundo Brício Araújo, uma aposta clara do PSD na criação de emprego na nossa região, que irá continuar nos próximos quatro anos, com uma estratégia consolidada e com um processo dinâmico, que se pretende responder a cada momento às necessidades da nossa economia e da nossa população.