• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Quarta, 28 Agosto 2019

No palco, Pedro Coelho apelou igualmente ao voto no único partido capaz de governar a Região e a confiança em Miguel Albuquerque, “um homem que esteve sempre presente, que governou para todos, ao longo dos últimos quatro anos e que conseguiu que a Madeira hoje atingisse melhores índices culturais, económicos e sociais. Um homem com obra feita em todos os concelhos e, em particular, em Câmara de Lobos, e que soube dar voz a todos os Municípios, desde os mais pequenos aos maiores”. Câmara de Lobos onde foram lembrados os caminhos agrícolas, as acessibilidades, o Centro de Saúde, entre outros investimentos concretizados.

Perante a multidão, Pedro Coelho questionou se alguém sabia qual era a obra deixada, em 6 anos, pelo atual candidato socialista ao governo, vincando que quem não soube governar uma cidade não pode querer, nem é capaz de governar uma Região.

Já Miguel Albuquerque, reforçou, enquanto presidente da CMF, investiu e deixou obra feita para a posteridade, numa marca que ainda hoje perdura.

“Câmara de Lobos sempre soube escolher e estamos precisamente na Praça da Autonomia porque continuaremos, juntos, a lutar pela nossa bandeira e a governar os destinos da nossa Região”, referiu, ironizando que os “socialistas da Madeira e António Costa pensam apenas no Terreiro do Paço e esquecem que, aqui na Madeira, temos o Terreiro da Luta”.

Aludindo aos que querem, agora, mudar a Madeira, Pedro Coelho respondeu que quem mudou a Madeira foi o PPD/PSD, graças à força do povo que sempre confiou no nosso partido e que nos permitiu, nestes 43 anos, construir a Madeira que temos hoje.