• slideCampanha3.jpg
  • slideCampanha2.jpg
  • slideCampanha4.jpg
  • slideCampanha5.jpg
  • slideCampanha6.jpg
Notícias
  Terça, 14 Maio 2019

Reforçar o POSEI para apoio aos produtores, acelerar e tornar obrigatórios os mecanismos de salvaguarda e proteção face à concorrência externa (América Central) bem como assegurar a competitividade, não permitindo a redução dos 75€ referentes às taxas alfandegárias e sem esquecer os apoios à promoção do produto. Estes são, em suma, os três grandes objetivos da candidata social-democrata Cláudia Monteiro de Aguiar relativamente à produção da banana regional, no Parlamento Europeu.

Um compromisso que foi reafirmado, esta manhã, numa visita às instalações da GESBA, na Ponta do Sol, onde a candidata fez questão de sublinhar o peso económico, mas, também, social, desta produção e a necessidade de continuar a trabalhar, junto da Europa, para criar «melhores condições para quem se dedica a esta atividade, salvaguardando, simultaneamente, a sua rentabilização no mercado».

«Fazemos e fizemos, ao longo deste mandato, todas as chamadas de atenção e usamos todos os argumentos para fazer entender, junto da Europa, a importância e o peso económico e social que este setor e, em particular, a produção de banana, assumem para a economia regional», frisou Cláudia Monteiro de Aguiar, garantindo que todo este trabalho terá continuidade, para o futuro, a favor da atividade agrícola e da sua sustentabilidade.

Visita que a candidata aproveitou, também, para reforçar a «boa aplicação dos fundos comunitários na Região», apoios esses que incidem quer na produção e nas infraestruturas que lhe servem de suporte, quer na promoção da banana no mercado.