• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Quinta, 9 Maio 2019

Sabendo que houve um atraso no pagamento de salários aos colaboradores da Frente Mar e o não cumprimento das obrigações fiscais por parte desta empresa municipal, o PSD questionou o executivo da Câmara Municipal do Funchal se estas questões já estavam corrigidas.

“Inquirimos o senhor presidente da Câmara se as situações já estavam regularizadas e foi afirmado que essas já estavam todas regularizadas”, disse o vereador social-democrata, Elias Homem de Gouveia, esta quinta-feira, após a Reunião de Câmara.

Para o vereador social-democrata esta boa notícia, é “motivo de satisfação” para o PSD, principalmente porque aqueles que mais sofreram com a restrição financeira existente na empresa são os funcionários da Frente Mar.

No entanto, sublinhou, “continuamos à espera da Auditoria à Frente Mar” para que a “neblina” que paira sobre esta empresa se dissipe. “Achamos que a melhor maneira será efetivamente fazer uma auditoria à empresa para que todas as dúvidas sejam esclarecidas.”

Elias Homem de Gouveia lembrou que a Frente Mar sendo uma empresa municipal tem como primeiro responsável o executivo socialista da CMF. Por isso insiste para que a Autarquia dê prioridade a esta empresa e cumpra com as recomendações e deliberações.

“Continuamos à espera da Auditoria à Empresa Frente Mar Funchal. Já em 2018 o PSD sugeriu que fosse feito um inquérito à empresa. Este ano, em Assembleia Municipal foi aprovada a proposta para a criação de uma Comissão de Acompanhamento à Auditoria da Frente Mar”.