• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Segunda, 11 Março 2019

Os comerciantes do Funchal estão preocupados com o aumento das coimas, devido à insistência do executivo da Autarquia do Funchal em instalar uma Polícia Municipal no Concelho. Esta foi uma das conclusões que saiu da reunião mantida entre os autarcas do PSD do Funchal e a ACIF (Associação Comercial e Industrial do Funchal), na tarde de segunda-feira, nas instalações desta Associação.

“Estamos preocupados com a intenção do Município levar avante uma ideia da Polícia Municipal, cuja única função é extorquir mais verbas, [por via de coimas], juntos dos nossos comerciantes”, afirmou Rubina Leal, defendendo é imoral criar uma polícia com o “objetivo único” de “penalizar” e “prejudicar” os comerciantes da Cidade.

A própria ACIF, continuou a autarca social-democrata, uma Associação que representa grande parte dos empresários e comerciantes do Funchal, não foi ouvida pela Câmara Municipal do Funchal. “Nesta reunião, o PSD constatou que a Associação foi pura e simplesmente ignorada pelo Município no que respeita a esta matéria.”

Os comerciantes e as pessoas continuam sem perceber qual a necessidade de mais uma Polícia que não tem qualquer competência na área da segurança. Tendo funções meramente administrativas, a Polícia Municipal vai dedicar-se à “caça à multa”, sublinhou a vereadora do PSD na CMF.

“Os comerciantes estão muito preocupados que venham a ser penalizados e que aumentem as coimas para justificar a instalação da Polícia Municipal. O próprio estudo aborda essa questão e, de facto, não pode ser extorquindo e aplicando multas aos comerciantes que se pode assegurar a instalação de uma Polícia desta natureza que terá pura e simplesmente funções administrativas”, concluiu Rubina Leal.