• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Segunda, 25 Fevereiro 2019

O PSD Santana esteve esta tarde no Parque de Merendas de São Jorge a exigir a utilização livre daquele espaço para a população e visitantes. Neste momento, as instalações destinadas a churrascos  já foram vedadas, e o acesso às casas de banho públicas está limitado ao horário de funcionamento do Restaurante que opera naquele local, o que tem gerado polémica junto da população.

Isto porque, mais uma vez, “a Câmara Municipal de Santana (CMS) se demitiu das suas responsabilidades no que respeita à manutenção e limpeza do espaço público municipal”, denunciou Cláudia Perestrelo, vereadora social-democrata naquela Autarquia.

O proprietário [concessionário do Café Cabo Aéreo] “é mais uma vítima” do executivo do CDS, porque tomou a iniciativa de colocar regras de utilização no espaço, uma vez que “a Autarquia se demitiu das suas responsabilidades”, afirmou, continuando: “O proprietário já fez, inclusive, uma exposição ao presidente da Câmara para que fossem os serviços municipais a manter as casas de banho e a criar regras de utilização dos churrascos. No entanto o edil do CDS nada fez.”

Para Cláudia Perestrelo a situação é de fácil resolução, a bem de todos os utilizadores daquele espaço nobre de São Jorge, se os recursos humanos do Município fossem devidamente aproveitados. “A Câmara pode, perfeitamente, acompanhar a abertura e encerramento quer do churrasco quer das casas de banho, através da criação de um regulamento para este espaço na ótica do utilizador responsável.

O PSD defende “que se devolva a utilização livre deste espaço à população e aos visitantes”, uma vez que se trata de uma zona de atração e de uma beleza ímpar. Da forma como a Autarquia está a gerir o espaço público perde-se uma oportunidade de “receber condignamente a população e os turistas”, rematou.