• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Domingo, 20 Janeiro 2019

A secretária-geral do PSD/Açores defendeu hoje a criação de uma plataforma da Autonomia entre as duas regiões autónomas, no âmbito de uma futura discussão da revisão constitucional.

Sabrina Furtado falava na sessão de encerramento do XVII Congresso Regional do PSD/M, que decorre no Centro de Congressos do Casino da Madeira, salientando que a Autonomia, "estandarte de ambas as regiões", é o projeto que mais as une. "Ao fim de 42 anos de experiência, entendemos que este modelo não está esgotado, necessitando de ser adaptado às realidades e desafios". disse, sublinhando que "este é um tempo de novas políticas, de novas atitudes e de novas mentalidades".

"Temos tudo a ganhar com uma estratégia comum às duas regiões autónomas, nos mais diversos palcos da atuação política e abordando as diferentes políticas públicas, afirmou, realçando a importância de uma agenda comum, sobretudo no que diz respeito às prioridades económicas e sociais, "que enquadre o papel dos dois arquipélagos à escala regional, nacional, europeia e atlântica, assumindo e reforçando a sua projeção cultural e económica, através também das comunidades emigradas".

Considera também que o "estatuto da ultraperiferia deverá fortalecido, como instrumento de diferenciação positiva ao serviço das duas regiões autónomas, de modo a atenuar as assimetrias e dificuldades existentes entre os territórios insulares e continentais". Assim como também defende o reforço no combate à descontinuidade territorial, "de forma a mitigar as desigualdades resultantes da dispersão territorial geradoras de fenómenos de dupla e tripla insularidade".

Sabrina Furtado deixou ainda um desafio para a melhoria dos indicadores sociais em ambas das regiões. "Urge melhorar o nosso desempenho comparativamente às médias nacionais", havendo a necessidade de trabalhar em conjunto para delinear uma estratégia comum relativa à coesão social, adaptada às especificidades de cada uma das regiões.

Depois de um ciclo de investimento nas grandes obras, a secretária-geral do PSD/Açores afirma que é chegada a hora de alterar o modelo de desenvolvimento para um novo ciclo baseado no crescimento económico e no desenvolvimento social, sendo a criação de emprego uma prioridade.

Por outro lado, sublinhou que devem ser aprofundadas as relações comerciais entre as duas regiões, para potenciar as diferentes economias, sendo fundamental para isso a melhoria das ligações aéreas e marítimas entre os dois arquipélagos.