• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Quinta, 22 Novembro 2018

As decisões “irresponsáveis” da Câmara Municipal do Funchal (CMF), como o embargo da Ponte Nova ou o afunilamento das Ruas do Bom Jesus e João de Deus, têm resultado no anormal congestionamento do trânsito no centro da Cidade.

O PSD manifestou hoje (quinta-feira), em Reunião de Câmara, a sua indignação pela forma como o executivo camarário tem tratado as questões de mobilidade e de trânsito no Funchal. “Todos nós podemos constatar que em horas de maior fluxo de tráfego, existe um constante congestionamento de trânsito”, apontou Rubina Leal, que confrontou os vereadores da Coligação com o caos em que a Cidade está mergulhada.

“Não conseguimos perceber qual é o planeamento que este município tem para Cidade”, disse a vereadora do PSD acerca das medidas avulsas e irreflectidas da Autarquia, nomeadamente o afunilamento da Rua João de Deus, da Rua do Bom Jesus, e do embargo da Ponte Nova.

A inoperacionalidade dos semáforos foi outra das questões abordadas. “É com frequência que os semáforos não estão a funcionar. Pode ter as suas vantagens, mas grande parte das vezes, como aconteceu hoje, mais um acidente ocorreu numa das nossas artérias, o que põe em risco a segurança dos cidadãos”, alertou a autarca social-democrata.

Por isso entende que a Autarquia deve ter uma estratégia bem definida para a mobilidade na Cidade, ao invés de colocar constantemente a responsabilidade do trânsito caótico em terceiros.