• bannerSitePSDM3jan2020.jpg
Notícias
  Sábado, 20 Outubro 2018

O Governo da República voltou a penalizar a Região. Desta feita na área social, através do Orçamento de Estado (OE) para 2019, ao atribuir menos 45 milhões de euros à Segurança Social da Madeira quando comparado com as verbas destinadas aos Açores.

“Mais uma vez constatamos que há formas desiguais de tratar [as diferente parcelas] do País ”, constatou Rubina Leal após uma visita do Grupo Parlamentar do PSD/Madeira ao Lar de São Francisco.

“Verificamos que o Orçamento de Estado tem destinado para a Segurança Social da Madeira menos 45 milhões do que o valor que vai para os Açores. Isto significa que para realidades idênticas, universos semelhantes e problemas sociais parecidos, o Estado tem uma forma discriminatória e desigual de tratar as Regiões”, disse a deputado social-democrata.

Reiterando a forma discriminatória com que a República trata as franjas da sociedade mais fragilizadas na Região, nomeadamente os idosos, as crianças e as pessoas portadores de deficiência, Rubina Leal recorda que o Governo Central tem dito repetidamente que o OE tem por objetivo melhorar a vida dos portugueses.

Se o objetivo é melhorar a qualidade de vida dos portugueses, sublinhou a deputada, tem de ser para todos os portugueses e não apenas para alguns, sublinhou Rubina Leal, lembrando que esta não é a única promessa do Governo Central para com a Região que ficar por cumprir.