• Capa_abril_Site-100.jpg
Notícias
  Sexta, 20 Abril 2018

A Junta de Freguesia do Monte avançou com um abaixo-assinado contra a gestão da Câmara Municipal do Funchal (CMF) no Largo da Fonte, local onde ocorreu a tragédia da queda da árvore que vitimou mortalmente 13 pessoas e feriu 51 outras, no dia 15 de agosto do ano passado.

O abaixo-assinado, que está disponível naquele órgão autárquico para aqueles que queiram juntar-se à causa, surge na sequência do voto de protesto apresentado pelos membros do PSD, em reunião de Assembleia de Freguesia, contra a gestão do Município no Largo da Fonte. Um voto de protesto aprovado por maioria com os oito votos favoráveis do PSD, um voto do ‘Somos Todos Monte’ e quatro votos contra da Coligação Confiança.

O Município do Funchal “não tem respondido às solicitações tanto do executivo da Junta de Freguesia, como dos residentes”, lê-se no voto de protesto, que sublinha o facto de passados oito meses, as pessoas não sentirem “confiança” para voltar a frequentar aquele espaço.

No voto de protesto, o PSD refere ainda que para além das 13 vítimas mortais e dos 51 feridos, muitas pessoas não recuperaram “a sua saúde, já que as sequelas são demasiado profundas e dolorosas”.